Instituto Beatriz e Lauro Fiuza


O IBLF visa criar oportunidades para crianças e adolescentes que habitam em áreas de alta vulnerabilidade em Fortaleza, comunidades com altos índices de violência, bem como baixíssima renda. Através de duas diferentes linguagens que unem razão e sentimento, a música e o karatê, sensibilizamos os corpos e as mentes dos nossos alunos, impulsionando-os a pensar criticamente e a interferir no mundo em que vivem, transformando suas próprias perspectivas e projetando outras possíveis para si mesmos e para o coletivo, formando cidadãos conscientes, responsáveis, autônomos e protagonistas de suas próprias vidas.

Os programas do Instituto são realizados em dois bairros de Fortaleza, atendendo 400 alunos através do Programa de Música Jacques Klein (PMJK) e 230 no Programa de Karatê Bushi No Te (BSNT). Todos os alunos e suas respectivas famílias são acompanhados pela equipe interdisciplinar do Programa Envolver de Desenvolvimento Humano (PEDH), formada por profissionais e estudantes de pedagogia, psicologia e serviço social, com o objetivo de auxiliá-los a transpor as barreiras ligadas à desigualdade social, transformando suas realidades.