Um amor que vai além

“Este é um post diferente, mas um dos que eu gostaria que vocês dessem mais atenção.
Confesso que tive dúvidas em expor a situação por aqui, mas eu não posso postar selfs, divulgar produtos, fazer Tbts nostálgicos de Chiquititas e não usar este espaço para contar a história do Seu Sebastião e tentar ajudá-lo.
O Conheci no começo desta semana, ele estava com a Pretinha (sua cadelinha) no espaço para cachorros que levo o Ragnar quase todas as manhãs.
Ele me perguntou se eu conhecia algum albergue na região onde pudesse tomar banho. Com alguns minutos de conversa, soube que ele não é de SP, chegou após quase um mês de caminhada (!!), e não teve muita sorte. Foi roubado, levaram suas ferramentas que havia trazido para trabalhar, as roupas e até os documentos.
Chegou a dormir em albergues, mas um dia encontrou a Pretinha no lixo, e a partir desse momento, ele já não estava sozinho. Hoje ela é tudo o que ele tem.
Ele queria um albergue para tomar banho, mas não para dormir, porque nesses lugares não são permitidos cachorros, e para não abandoná-la, ele prefere dormir na rua junto com ela. (Mostrou até o dentinho de leite dela que ele guardou💛)
Desde que o conheci, não penso em outra coisa a não ser tentar ajudá-lo. Outro dia cuidei da Pretinha para que ele pudesse sair cedinho e tentar resolver as questões dos documentos. Quando a devolvi foi aquela alegria. Eles felizes pelo reencontro, eu por ter ajudado, maaas, quando entrei na minha casa, desabei a chorar, pois percebi que a situação era exatamente a mesma, que novamente dormiriam na rua, em um local que nem cobertura tem.
Seu Sebastião está desesperado atrás de trabalho, para poder alugar um quartinho. Ele é mecânico de caminhão e pedreiro, mas topa qualquer emprego. Ele pode passar referência de lugares que trabalhou.
Caso alguém possa ajudá-lo a conseguir um trabalho, ter um lugarzinho pra morar com a Pretinha, se comunique por direct, ok? Agradeço de todo coração.”
.
Publicado por @arethaoliveiraoficial<3