Alzheimer pode ser detectado até seis anos antes do diagnóstico com inteligência artificial, aponta estudo

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, realizaram um estudo recente e constataram que o Alzheimer, pode ser diagnosticado mais rapidamente com o uso de inteligência artificial. A pesquisa usou um tipo de mapeamento cerebral juntamente com um algoritmo de aprendizagem, e a máquina aprender a diagnosticar o estágio inicial da doença com uma margem de seis anos antes de um diagnóstico clínico comum.

Jae Ho Sohn é o principal pesquisador do estudo e afirma que um dos maiores problemas da doença é que quando os sintomas clínicos surgem e o diagnóstico é realizado, muitos neurônios já morreram, já que o Alzheimer é uma doença degenerativa, o que torna o quadro irreversível.  O diagnóstico feito com inteligência artificial pode dar a medicina um grande avanço para o tratamento.

 

 

Fonte: https://www.b9.com.br/101809/inteligencia-artificial-ja-consegue-detectar-alzheimer-ate-seis-anos-antes-do-diagnostico/